Avançar para o conteúdo

Capadócia para além dos balões

Imagem da Capadócia com o título o que fazer na Capadócia para além dos balões
Os balões de ar quente são hoje a imagem de marca da Capadócia, a tão peculiar e conhecida região da Turquia. Mas o que há mais para fazer na Capadócia para além dos balões?

Todos os dias são lançados mais de uma centena de balões de ar quente, com os seus cestos cheios de visitantes que, com certeza, ansiavam há muito sobrevoar as enigmáticas paisagens da Capadócia. Esta é realmente uma experiência incrível e memorável… mas a Capadócia tem em terra muito mais para te surpreender!

Vista sobre a Capadócia
João a observar as chaminés de fadas na Capadócia

Estivemos um mês pela Turquia em 2019. Se pensas fazer uma viagem à Turquia espreita o artigo Turquia: dicas de um mês em viagem.

Para começar, a Capadócia é uma região da Turquia onde um determinado processo geomorfológico de milhões de anos acabou por formar as tão características Chaminés de Fadas que contribuem para uma paisagem árida bem bonita! Os visitantes espalham-se pelas várias vilas da região, mas a mais central (e claro mais conhecida) é Göreme. Pela sua localização e oferta recomendamos a quem vá visitar a Capadócia que fique também alojado nesta pequena vila.
Deixamo-vos aqui algumas sugestões do que fazer na Capadócia depois do tal passeio de balão… ou depois de simplesmente acordares de madrugada para os veres a levantar.

Percorrer os vales da Capadócia

São estas formações rochosas únicas e os seus vales que tornaram esta região famosa. E explorá-los é das melhores coisas a fazer na Capadócia! Podes começar por procurar um dos muitos miradouros que existem ao redor de Göreme para veres de cima os incontáveis pináculos, para depois te aventurares pelos seus vales.

Recomendamos que percorras o Vale dos Pombos que liga Göreme a Üçhisar. É um trilho simples e percorrido por poucos, mas que vale a pena fazer na Capadócia. No final, em Üçhisar, podes explorar a vila e ainda subir ao castelo, cuja vista é também fantástica!

Vista sobre Goreme e Uchisar na Capadócia
Vista sobre Uchisar e o castelo no topo

Além do Vale dos Pombos, não percas o Vale Rosa e o Vale Vermelho. Eles são próximos um do outro mas terminam em locais diferentes. Nós acabámos por percorrer o Vale Rosa todo e foi sem dúvida o percurso que mais gostamos de fazer na Capadócia. Chaminé aqui, chaminé ali, planalto acima e planalto abaixo, numa tarde se atravessam as vistas fantásticas do caminho do Vale Rosa. Mas o melhor de tudo ainda aparece no final: um miradouro perfeito para um pôr-do-sol inesquecível!

Sem dúvida que ver os balões a levantar ao amanhecer e apreciar um belo pôr-do-sol sobre a emblemática Capadócia são dois daqueles a não perder nesta região da Turquia!

João a caminhar pelos vales da Capadócia e balões ao fundo no céu
Vales da Capadócia num dia de céu azul

Visitar cidades subterrâneas

Existem centenas (ou até milhares, não é bem certo!) de cidades subterrâneas em toda a Capadócia mas apenas 36 delas são visitáveis, sendo Kaymakli e Derinkuyu as mais recomendadas pela sua dimensão.

Visitámos a Cidade Subterrânea de Derinkuyu, a mais profunda de todas, inseridos numa tour com um guia local… e ainda bem que o fizemos!

Aquilo que, se fôssemos sozinhos, poderiam parecer apenas labirintos debaixo da terra, tornou-se muito interessante com todas as explicações que o guia foi dando ao longo do percurso. É uma experiência muito curiosa e até divertida perceber in loco como viviam e que estratégias utilizavam para sobreviver no subsolo comunidades de cerca de 20000 habitantes!

João curvado na cidade subterrânea de Derinkuyu

Museus e tours para fazer na Capadócia

O Museu ao Ar Livre de Göreme é também um dos pontos principais da Capadócia, assim como as suas igrejas escavadas. Nós não tivemos oportunidade de os visitar mas foi-nos recomendado.

Por todo o lado em Göreme sugerem-se tours para fazer na Capadócia: a Red Tour, a Green Tour e a Blue Tour. Cada uma delas percorre uma zona da região, passando pelos seus pontos de interesse. Uma vez que são tão faladas por ali, partilhámos de seguida a nossa experiência e as nossas recomendações.

A Red Tour percorre as zonas mais próximas a Göreme e, como conseguimos fazer parte dos pontos e percursos a pé por nós próprios, não a achámos muito interessante. No entanto, é recomendável se tens apenas um dia para passar na Capadócia!

A Blue Tour é a menos concorrida das três e a que fica mais distante. Não a fizemos, mas dizem ser muito bonita e a mais autêntica!

Como queríamos mesmo visitar uma das cidades subterrâneas e estas ficam um pouco mais afastadas de Göreme, achámos a Green Tour a mais adequada para nós pois inclui a entrada em Derinkuyu. Atenção que é possível chegar às cidades subterrâneas de Kaymakli e Derinkuyu de autocarro, mas não íamos conseguir otimizar tão bem o nosso tempo na Capadócia ao visitá-las de forma independente… e percebemos depois que acaba por compensar também em termos de preço!

Entrada do Castelo de Selime na Capadócia
Pintura na antiga Igreja de Selime na Capadócia

A Green Tour incluía o guia, o almoço, as entradas nos pontos de interesse e o transporte. Iniciámos o dia com uma passagem pela vista panorâmica sobre Göreme e também pelo Vale dos Pombos. Visitámos a Cidade Subterrânea de Derinkuyu e o Castelo de Selime (também muito interessante!). Por fim, caminhámos 3km do Vale de Ihlara: um vale muito bonito que recomendamos se procuras um desfiladeiro diferente dos anteriores.

Por várias razões, muitas vezes acabamos por não gostar muito quando nos juntamos a uma tour organizada. No entanto, este não foi um desses casos, pelo contrário! Achámos que, se tens mais do que um dia em Göreme, vale a pena fazeres a Green Tour pois permite-te visitar locais aos quais seria mais difícil chegares por ti próprio, otimizar o teu tempo e sentires-te melhor informado e contextualizado em termos históricos principalmente nas cidades subterrâneas e no Castelo de Selime. Além disso, apesar de o preço da tour rondar os 30€ a 35€ por pessoa (informação de 2019), se fizeres bem as contas, acaba por compensar tendo em conta o que inclui, principalmente, as entradas.

Estes são alguns dos pontos que recomendamos fazer na Capadócia, mas existem muitos outros que nós próprios ainda havemos de conhecer!

Ana a percorrer trilho na Capadócia
Árvore e carroça decoradas de púcaros na Capadócia

Apesar de os balões serem o cartão de visitas da Capadócia, como vês há muito a explorar nesta ímpar região turca das Chaminés de Fada.

Espreita também o artigo Turquia: dicas de um mês em viagem para mais recomendações sobre uma viagem a este país.

Se pensas fazer uma viagem à Turquia de forma independente mas precisas de alguma ajuda para a preparar, fala connosco para te ajudarmos no planeamento

Estas são marcas e ferramentas que nós utilizamos nas nossas viagens. Somos afiliados delas, por isso ao usares os nossos links estás a ajudar-nos a manter este blog ativo, além de poderes usufruir de algumas vantagens. Obrigado!
 
⤖ Viaja tranquilo com a Iati seguros , os seguros mais económicos e especializados em viajantes independentes como nós. Aproveita 5% de desconto ao acederes através deste link!
 

⤖Agenda a tua consulta de viajante com a Dra. Andreia Castro, uma médica e viajante experiente, e conhece todos os cuidados de saúde a teres na tua próxima viagem. Contacta-a aqui e diz que vais da nossa parte!

⤖ Grande parte do nosso material de viagem (mochilas, botas, sandálias, alforges, entre outros) veio daqui. Encontra na Decathlon o material que precisas para a tua viagem!


 
⤖ Gostavas de fazer voluntariado durante a tua viagem? Ou estarias interessado em trocar umas horas de trabalho por alojamento? Inscreve-te na Worldpackers e encontra um projeto com que te identifiques. Usa o nosso código MAISPRALA e obtém um desconto de 10$ na tua subscrição! 

⤖ Para procurar e reservar alojamento utilizamos maioritariamente o Booking. Reserva também o teu alojamento aqui.
 
⤖ Encontra tours e atividades em todo o mundo com o Get Your Guide
 
 Poupa e gere o teu dinheiro com o Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.

Gostaste deste artigo? Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado.