Uma viagem na ​ Death Railway

death-railway-pai
Saídos de Banguecoque bem cedo, apanhámos o comboio no lado oeste do rio Chao Phraya, até à pequena aldeia de Nam Tok, para fazer a chamada Death Railway: a histórica ferrovia a caminho da fronteira com o Myanmar. Esta não adotou este nome por ser perigosa de atravessar, mas sim em memória dos milhares que morreram na sua construção.^

Durante a II Guerra Mundial, o Império Japonês, que tinha já ocupado a Birmânia, ordenou a construção de 415 km de ferrovia entre a Tailândia e o atual Myanmar para enviar forças militares e mantimentos para esta ex-colónia inglesa. Esta solução veio substituir a via marítima anteriormente utilizada, muito suscetível a ataques por parte das forças Aliadas.

Tal empreendimento foi possível com o suor de cerca de 180.000 trabalhadores asiáticos e 100.000 prisioneiros de guerra das forças Aliadas. No entanto, as jornadas intermináveis e o trabalho pesado e perigoso resultaram em numerosas vítimas.
Diz-se que 90.000 asiáticos e 16.000 prisioneiros de guerra britânicos, australianos, canadianos, americanos e holandeses perderam as suas vidas nesta ferrovia dando origem ao nome pelo qual é conhecida – Death Railway.
death-railway
death-railway-view

Esta travessia é utilizada por muitos locais para as suas deslocações rotineiras. Mas, atualmente, já suscita também o interesse dos viajantes mais curiosos, principalmente na zona junto aos penhascos a norte da ponte sobre o Rio Kwai. Aqui a afluência turística é já significativa! Por outro lado, dessa zona em diante, o comboio torna-se mais calmo e a envolvência mais natural, pelo que recomendamos fazer toda a viagem até à vila de Nam Tok.

Durante todo o percurso desde Banguecoque, as paisagens são deslumbrantes observando-se a ruralidade tailandesa, as montanhas verdejantes e o rio a espreitar aqui e ali. Tudo bons motivos para experimentares esta travessia!

death-railway-comboio
death-railway-stop
Estas são marcas e ferramentas que nós utilizamos nas nossas viagens. Somos afiliados delas, por isso ao usares os nossos links estás a ajudar-nos a manter este blog ativo, além de poderes usufruir de algumas vantagens. Obrigado!
 
⤖ Viaja tranquilo com a Iati seguros , os seguros mais económicos e especializados em viajantes independentes como nós. Aproveita 5% de desconto ao acederes através deste link!
 

⤖Agenda a tua consulta de viajante com a Dra. Andreia Castro, uma médica e viajante experiente, e conhece todos os cuidados de saúde a teres na tua próxima viagem. Contacta-a aqui e diz que vais da nossa parte!

⤖ Grande parte do nosso material de viagem (mochilas, botas, sandálias, alforges, entre outros) veio daqui. Encontra na Decathlon o material que precisas para a tua viagem!


 
⤖ Gostavas de fazer voluntariado durante a tua viagem? Ou estarias interessado em trocar umas horas de trabalho por alojamento? Inscreve-te na Worldpackers e encontra um projeto com que te identifiques. Usa o nosso código MAISPRALA e obtém um desconto de 10$ na tua subscrição! 

⤖ Para procurar e reservar alojamento utilizamos maioritariamente o Booking. Reserva também o teu alojamento aqui.
 
⤖ Encontra tours e atividades em todo o mundo com o Get Your Guide
 
 Poupa e gere o teu dinheiro com o Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.

Gostaste deste artigo? Deixa um comentário.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *