Visitar Valência em 3, 4 ou 5 dias – Sugestão de roteiro

Visitar Valência de bicicleta

Visitar Valência foi para nós uma bela surpresa! Não estávamos à espera da diversidade de experiências que Valência tem nem de acabar apaixonados por esta cidade à beira-mar.

Aliás, como tínhamos marcado a viagem para uma semana inteira, tínhamos tempo e por isso não íamos com um plano detalhado nem um roteiro diário. Acabámos por deixar-nos ir explorando a cidade e descobrindo o que há para ver e fazer em Valência, mas sabemos que, se fôssemos com pouco tempo, a viagem teria de ser mais organizada para podermos aproveitar bem tudo aquilo que esta cidade tem para oferecer.

Quantos dias passar em Valência?

Para te aguçar a curiosidade e para te ajudar a planear a tua viagem, criámos um roteiro base de 3 dias para visitar Valência, por acharmos que este é o número de dias mínimo indicado para conhecer esta cidade.

Se tiveres mais um ou dois dias, então ótimo, vais conseguir aproveitar ainda melhor! Para esse caso, criámos dois dias extra, a adicionar ao roteiro de 3 dias para visitar Valência.

Como te deslocares em Valência?

Antes de passarmos à nossa sugestão de roteiros, é importante saberes que meios de transporte usar para visitar Valência. Em primeiro lugar, é certo que não precisarás de carro uma vez que a rede de transportes urbana é muito ampla e frequente. Ou seja, facilmente chegas a qualquer lado de metro ou de autocarro.

Também é possível percorreres toda a cidade a pé mas, nesse caso, conta em fazeres bastantes quilómetros por dia. A nossa melhor recomendação é utilizar a bicicleta (ou a trotinete, se preferires). Alugámos bicicletas e, para nós, esta foi mesmo a melhor forma de visitar Valência!

Esta cidade está completamente preparada para ciclistas, dispondo de sinalética adaptada e de faixas próprias para bicicletas que acompanham a grande maioria das estradas. Além disso, há respeito pelos ciclistas por parte dos automobilistas, o que torna esta forma de deslocação muito segura.

É fácil encontrar lojas de aluguer de bicicletas e o preço diário ronda os 8€.

Visitar Valência de bicicleta

Dica 😉

Aluga a bicicleta apenas para os dias em que vais visitar as partes da cidade que ficam mais longe do teu alojamento e em que vais percorrer mais quilómetros.

Roteiro de Viagem de 3 dias em Valência

Dia 1 – Centro Histórico de Valência

Neste primeiro dia, recomendamos-te que explores a Cidade Velha ou Centro Histórico de Valência. Dependendo da localização onde estás alojado, começa pelo lado norte (junto ao Parque do Rio e à Torre dos Serranos) ou pelo lado sul (junto à Estació del Norte).

A partir daí vai percorrendo os pontos abaixo e, assim, vais passando também pelas principais ruas do centro histórico que nós tanto gostamos nesta cidade. Serás surpreendido por praças, ruas estreitas, esplanadas, movimento, bicicletas, monumentos, bocadilhos em qualquer esquina e as mais diversas lojinhas.

A meio podes sempre parar para o típico almuerzo valenciano (bocadilho como lanche da manhã), para um menu de almoço que encontrarás facilmente (sempre com dois pratos, não estivéssemos nós em Espanha), para uma bebida refrescante de orchata a meio da tarde ou mesmo para uma cerveja local em qualquer esplanada.

Mas não te esqueças, passa também pelos pontos principais:

  • Estació del Norte de Valencia: vale a pena espreitar e apreciar esta particular estação de comboios.
  • Plaça de l’Ajuntament: sobe à varanda da Câmara Municipal e observa a vida da cidade em torno de uma das suas principais praças. Aqui podes aproveitar também para visitar o Museu Histórico da Cidade.
  • Refúgio Antiaéreo Grupo Escolar del Ayuntamiento: Contorna o edifício da Câmara Municipal e aprende mais sobre a história da Guerra Civil espanhola neste refúgio.
  • Passa pelo Mercado Central de Valência e pela peculiar Praça Redonda.
  • Faz uma pausa para um lanchinho na Horchateria de Santa Catalina.
  • Visita a Catedral de Valência, sobe ao seu Miguelete para apreciar uma vista panorâmica sobre Valência e, se tiveres oportunidade, assiste ao Tribunal das Águas.
  • Aprecia o ambiente da Praça da Virgem e da zona que a rodeia.
  • Termina na Porta de Serrans, parte da muralha de Valência, mais um lugar a que podes subir e deitar uma olhada sobre a cidade.

Espreita o artigo Roteiro de 1 dia pelo Centro Histórico de Valência para veres sugestões mais detalhadas, com mais informações, dicas e outras opções, e assim tirares o melhor proveito deste teu dia pelo Centro Histórico de Valência.

Dia 2 – Cidade das Artes e das Ciências

Construída no antigo leito do Rio Túria, no final do extenso Parque do Rio, a Cidade das Artes e das Ciências é um local admirável bem no centro de Valência. O espaço verde em que está inserida une-se a linhas arquitetónicas ousadas levando-nos a um misto de modernidade e natureza.

Completamente rodeados de baixas piscinas e aparentando animais marinhos, nos vários edifícios deste complexo encontra-se uma vasta oferta cultural e de entretenimento:

  • Um Cinema IMAX com diversos documentários
  • O maior aquário da Europa – o Oceanográfico
  • Um excecional Museu das Ciências
  • Uma Casa da Ópera com programação regular
  • Um denso jardim de espécies vegetais nativas da região de Valência – o Umbracle
Hemisférico da Cidade das Artes e das Ciências em Valência
João em frente à fachada da Casa da Ópera na Cidade das Artes e das Ciências em Valência
Ana e João a olhar um para o outro no jardim do Umbracle na Cidade das Artes e das Ciências em Valência

A Cidade das Artes e das Ciências é, sem dúvida, uma referência em qualquer visita a esta cidade e não deixou de marcar também a nossa viagem a Valência. Por isso, recomendamos-te que, dependendo do teu interesse por este tipo de atividades, dediques pelo menos um dia a este complexo.

Quanto a nós, dedicámos um dia à Cidade das Artes e das Ciências em que visitámos o Museu e assistimos a um documentário no Cinema IMAX.

Passámos três horas no Museu das Ciências e achamos que não chegou para tudo. É um museu interativo dividido em várias partes dedicadas a diferentes áreas das ciências. Um espaço não só informativo mas muito dinâmico.

Não visitámos mas com certeza que o Oceanográfico será também excecional e, se o visitares, então planeia ainda mais tempo para passares nesta zona da cidade.

Dia 3 – Parque, Marina e Praia

Este será um dia mais de exterior e de passeio, por isso prepara-te para percorrer uns bons quilómetros.

O Parque do Rio ou Jardins do Túria foi das partes que mais gostamos de Valência pela qualidade de vida que possibilita à população local. Adoramos espaços verdes e um desta dimensão bem no centro de uma cidade é algo que nos impressiona!

No lugar deste parque passava o Rio Túria que regularmente causava inundações em Valência. Por esse motivo, nos anos 60, o leito do rio foi desviado para fora da cidade e nesse espaço foi criado este extenso parque de cerca de 10km com imensas zonas para a prática de lazer e desporto.

Recomendamos-te que inicies este dia de bicicleta (ou a pé) algures na parte oeste do Parque do Rio, por exemplo junto à Torre dos Serranos. Aprecia e percorre este parque calmamente até chegares à Cidade das Artes e das Ciências de onde podes atravessar para a Marina de Valência.

Aí já estarás junto ao mar, numa zona não só propícia à prática de desportos náuticos, como também adequada para um belo passeio ao longo da marginal. Se caminhares para norte, vais encontrar a praia logo a seguir. Aproveita para petiscar qualquer coisa por aí. Descansa um pouco as pernas, relaxa e aproveita a Praia da Malvarrosa e as águas (eventualmente quentes!) do Mar Mediterrâneo.

Dica 👍

Se tens apenas três dias em Valência e se seguires este roteiro, terás passado por aqueles pontos a não perder desta cidade. No entanto, Valência ainda reserva surpresas e se tiveres mais dois dias, considera as seguintes sugestões. 

Dia 4 – Albufeira de Valência e El Palmar

A 10 quilómetros do centro de Valência existe um local tranquilo e magnífico, em que se pode ver a extensão de arrozais onde é produzido grande parte do arroz de Espanha – o Parque Natural da Albufeira de Valência. Naturalmente que é aqui a dita origem da Paella Valenciana e por isso há que juntar o útil ao agradável!

Se fores amante das duas rodas, a nossa melhor sugestão é alugares uma bicicleta no centro de Valência para este dia e percorreres, para sul, os cerca 20km até El Palmar. No total, ida e volta, serão 40km com ciclovias em quase todo o percurso e em terreno sempre plano.

Esta é a nossa recomendação porque, além de não ser um percurso difícil, consegues desfrutar devagar e mais atentamente das encantadoras paisagens que vão mudando da cidade para a praia, do parque natural para a albufeira, terminando nos canais e na vila de El Palmar. Para nós, só o caminho já fez deste um dia especial!

Se preferires, apanha o autocarro 24 no centro de Valência e segue até El Palmar. A duração da viagem é de cerca de uma hora e o preço do bilhete de 1,50€.

Visita a encantadora vila de El Palmar e os seus canais e a repõe energias com uma Paella deliciosa no Restaurante El Redoli (a não perder!).

Da parte da tarde aprecia a albufeira em qualquer ponto do caminho de volta. Faz também uma paragem no Mirador del Pujol para apreciar a lagoa a perder-se de vista. Aqui há passeios de barco a 5€/6€. Nós não fizemos mas da próxima não vamos perder ver o pôr-do-sol do meio da Albufeira de Valência!

Travessa de Paella Valenciana e jarro de cerveja

Dia 5 – Alboraia

Se ficaste curioso com a horchata e a sua origem, então sugerimos-te um passeio até à zona onde esta é produzida. Chama-se Alboraia e é um município que fica a apenas 5km do centro de Valência. As condições agrícolas e o clima local permitem que se desenvolvam aqui os campos de chufa, o tubérculo de onde é extraída esta bebida vegetal.

Existem ciclovias até lá e o passeio é muito bonito! É impressionante como, mesmo ali ao pé de uma cidade como Valência, há extensos campos que proporcionam um passeio tão tranquilo e agradável.

Sugerimos-te então que pedales até Alboraia e que pares numa das horchaterias locais como, por exemplo, a Orxateria Vida. Estarás, assim, entre a população local, a beber um bebida típica com vista para os mesmos campos onde é produzida.

Este passeio poderá ocupar-te apenas meio-dia. Por isso, aproveita o restante tempo para revisitar aquilo que mais gostaste em Valência, para visitar algo que não tiveste oportunidade até aqui ou apenas para relaxares numa esplanada do Centro Histórico.

João de bicicleta em ciclovia nos campos de Alboraia em Valência
Campos agrícolas na Alboraia de Valência

Se pensas fazer uma viagem a Valência de forma independente mas precisas de alguma ajuda para a preparar, fala connosco para te ajudarmos no planeamento

Estas são marcas e ferramentas que nós utilizamos nas nossas viagens. Somos afiliados delas, por isso ao usares os nossos links estás a ajudar-nos a manter este blog ativo, além de poderes usufruir de algumas vantagens. Obrigado!
 
⤖ Viaja tranquilo com a Iati seguros , os seguros mais económicos e especializados em viajantes independentes como nós. Aproveita 5% de desconto ao acederes através deste link!
 

⤖Agenda a tua consulta de viajante com a Dra. Andreia Castro, uma médica e viajante experiente, e conhece todos os cuidados de saúde a teres na tua próxima viagem. Contacta-a aqui e diz que vais da nossa parte!

⤖ Grande parte do nosso material de viagem (mochilas, botas, sandálias, alforges, entre outros) veio daqui. Encontra na Decathlon o material que precisas para a tua viagem!


 
⤖ Gostavas de fazer voluntariado durante a tua viagem? Ou estarias interessado em trocar umas horas de trabalho por alojamento? Inscreve-te na Worldpackers e encontra um projeto com que te identifiques. Usa o nosso código MAISPRALA e obtém um desconto de 10$ na tua subscrição! 

⤖ Para procurar e reservar alojamento utilizamos maioritariamente o Booking. Reserva também o teu alojamento aqui.
 
⤖ Encontra tours e atividades em todo o mundo com o Get Your Guide
 
 Poupa e gere o teu dinheiro com o Revolut, a melhor app financeira para evitares despesas bancárias em viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *