mota-vietname

Roberta: a nossa mota no Vietname

Subir o Vietname em duas rodas foi algo que surgiu algures no meio dos longos meses de planeamento desta viagem… Logo em Ho Chi Min, a primeira paragem neste país, encetamos a busca por uma nova companheira de viagem. Após muito sondar, pesquisar e regatear, ficamos com a Roberta.

guerra-secreta-camboja

A Guerra Secreta do Camboja

A nossa última paragem no Camboja foi a capital Phnom Penh, onde aprendemos imenso sobre a história deste país… Na década de 70, a par da tão conhecida Guerra do Vietname, existiu a também chamada Guerra Secreta do Camboja. Agora sim, compreendemos o Camboja e levámo-lo ainda mais no coração!

vilas-flutuantes-camboja

Reflexos para 2018

1 de Janeiro de 2018: Um calor abrasador, duas bicicletas e o almoço já na mochila. Seguimos cedo no novo ano 2018 (desta vez 7 horas ainda mais cedo do que o habitual, pela diferença horária) para ver as chamadas vilas flutuantes perto de Siem Reap, no Camboja. 15km de… Read More »Reflexos para 2018

voluntariado-tailandia

Experiência de voluntariado na Tailândia

A quinta T-Kla acolheu-nos esta semana com uma modesta casa e comida deliciosa, em troca de algumas horas de trabalho… Mas pelo final da tarde é que estávamos sempre expectantes: as aulas de inglês com as crianças da aldeia.

erawan-fish

As 7 Cascatas de Erawan

Um sítio incrível, onde o som de fundo é o correr do rio e os ruídos da fauna, onde a àgua nos refresca do calor e os peixes nos beijam, de verdade… As imagens falam por si!

death-railway-pai

Uma viagem na ​ Death Railway

Saídos de Banguecoque bem cedo para fazer a chamada Death Railway até à pequena aldeia de Nam Tok: a ferrovia a caminho da fronteira com o Myanmar, que não adotou este nome por ser perigosa, mas sim em memória dos milhares que morreram na sua construção…

comer-em-banguecoque

Comer e passear em Banguecoque

Banguecoque é ruido, luzes, diversão, templos, calor, pessoas e comida… muita comida. E da boa! Desde as variadas frutas aos noodles que sabem sempre bem, do arroz aos insetos, das espetadas de tudo e mais alguma coisa à sopa… toda a rua é um verdadeiro menu…